Analisando Matthew Gray Gubler, o Dr Reid de Criminal Minds

Equipe do Box 09/05/2010 0

Mathew Gray Gubler nos leva à uma profunda análise da mente dos serial killers no papel do Dr Spencer Reid, um analista de comportamento do FBI, no drama de sucesso Criminal Minds. Toda quarta-feira a noite (no Brasil a série vai ao ar toda segunda-feira, 22h no AXN).  Gubler conversou com a repórter Alyson McCarthy do Canal 8 – mas desta vez, ele é quem estava sendo analisado.

Mathew Gray Gubler disse uma vez que  “Nem em um milhão de anos eu pensei que seria ator”. Mas lá esté ele, toda segunda-feira interpretando o excêntrico gênio Dr Spencer Reid, que foi o papel que ele conseguiu na segunda audição da qual participou.

Como um analista de comportamento em Criminal Minds, Gubler retrata um perseguidor implacável do insano, percorrendo a tênue linha de ser apenas louco o suficiente pra mergulhar nas deformadas psiques de monstros humanos. A personagem dele se torna cada vez mais atormentado no decorrer das temporadas. Mas as duas últimas temporadas foram bem dificieis para o personagem de Gubler: “Eu fui sequestrado três vezes, fui refém duas vezes, assisti meu melhor amigo matar um homem, vi um adolescente cometer suicídio na minha frente, levei um tiro e ainda fui incendiado.”

É o sufuciente pra levar um homem às drogas – daí o vicio de Dr Reid em heroína – e a preocupação dos fâs mais ardorosos.

“Meus fãs falaram “Ei, Reid, você tem que largar disso, você é muito inteligente pra isso” E eu respondia: “Ei, não falem isso pra mim, não sou eu quem decide isso”. E você pode ficar surpreso ao saber que ele também não lê tudo. “Frequentemente eu massacro o script, mas ninguêm me impede, porque eu digo com autoridade”

Gubler diz que ele deliberadamente evita saber quem é o assassino em todos os episódios. “Eu não acho que eu deva saberquem é, porque o Reid não sabe quem é. Então fica mais divertido e mais envolvente na minha cabeça se eu consigo tentar adivinhar enquanto nós estamos investigando”.

Há outras semelhanças também entre Gubler dentro e fora das telas. Como Dr Reid, ele também nasceu e for criado em Las Vegas. Foi criado em uma vizinhança tranquila perto do parque Bob Baskin e cursou a Academia de Artes Performáticas de Las Vegas. E como Dr Reid, ele também é apaixonado por mágica desde que era criança. De fato, Gubler admite ser um pouco supersticioso, e se recusa a usar meias iguais. “Eu usei meias iguais só uma vez nos ultimos dez anos, e torci o tornozelo. E é também uma economia de tempo se você não precisa se preocupar em combinar as meias” ele diz.

E também não demora muito pra perceber que, ao contrário  da personalidade intensa que aparenta, o ex-modelo que virou ator não se leva tão a sério. “Por sorte, eu sempre tive expectativas incrivemlemnte baixas de mim mesmo, mas padrões altos. Então esses dois fatores se mesclaram bem. Mas eu ainda estou surpreso com todo o sucesso”, Gubler acrescenta.

Esse nativo de Las Vegas diz que ele vai continuar até o fim. Mas não espere que essa estrela vá afundar na areia movediça de Hollywood. Gubler também é diretor e pintor, e tem a cabeça no lugar.  Além disso, ele diz não estar procurando pela fama. O que ele busca é algo ainda mais elusivo – reconhecimento como o melhor jogador de badminton. “Eu peguei a raquete ha dois anos e de repente me senti um Jedi”

O site oficial do Goobs (como é chamado pelos colegas de elenco) www.matthewgraygubler.com tem as pinturas dele, e o site é todo atualizado com posts escritos a mão e escaneados.
Na parte dos videos tem ainda o video do The Killers que ele dirigiu, um documentário “não autorizado” sobre ele, e um mini-documentario dos bastidores do filme “A Vida Marinha com Steve Zissou. Além disso, ele participou recentemente do filme “500 dias com ela”, e faz a voz do Simon em “Alvin e os Esquilos”. E ainda no Criminal Minds, dirigiu o episódio Mosley Lane na quinta temporada (5×16)

Link pra matéria original aqui.




Leave A Response »